Anatomia do pênis do homem

A anatomia do pênis é composta por três cilindros totalmente separados. Os dois cilindros emparelhados,chamados corpos cavernosos são os encarregados do funcionamento erétil do pênis. Ambos se comunicam por,aproximadamente, três quartas partes do seu comprimento, através de pequenos orifícios entre os cilindros (esta é a razão pela qual as injeções do pênis se aplicam unicamente no eixo ou cilindro do pênis).

Estes cilindros, uma vez próximos do corpo, são seccionados e ligados ao osso pélvico por uma grossa membrana. Além disso, cada um destes cilindros está revestido por um envólucro muito resistente chamado «túnica albugínea». Rodeando o pênis existe outra membrana, de modo que quando se enche de sangue,quando submetida a uma certa pressão, se cria uma firme estrutura que permite a penetração.

O terceiro cilindro do pênis é denominado «spongiosum» da recompilação e contém a uretra. O tecido que reveste este corpo erétil é muito fino e o cilindro encaixa no sulco deixado aberto pelos outros dois cilindros. Quanto mais esta estrutura se aproxima da extremidade do pênis mais inchada se encontra, e é conhecida por bálano. Finalmente, na parte mais próxima ao corpo humano, o bálano amplia-se para formar o bulbo. Como cobertura destes três cilindros encontramos uma grossa e resistente membrana conhecida como faixa de Buck. A cobrir todo este sistema há uma outra faixa, a de Colles ou capa superficial.

O mecanismo continua com a parede abdominal que faz com que a estrutura se suporte firmemente, enquanto produz, também, força e dureza.

A pele que cobre o pênis é extremamente móvel e extensível, tal é necessário para que se possam produzir as ereções. A pele do pênis é única nessa tarefa, cujo controle cabe ao sistema hormonal. O bálano é uma estrutura anatômica diferente das outras e está protegido pelo prepúcio. Este é constituído por uma dupla capa da pele do pênis totalmente habilitada aos movimentos e ao ajuste segundo as necessidades do pênis, o que a torna muito sensível a qualquer inchaço ou trauma. Essa é a razão pela qual a pele do pênis pode inchar por qualquer pequeno trauma num curto período de tempo.

O corpo do pênis está ligado ao osso púbico, e um alargamento do músculo liga por sua vez, á cabeça do pênis. Os músculos do recto, ou os «ABS», são os músculos que se encontram no centro da parede abdominal. Esta espessa capa é conhecida pelo ligamento fundiforme, que produz um comprimento do músculo retal para prender o pênis. Quando se corta esta ligação, como nas operações de aumento do pênis, o pênis pode parecer maior, mas o que realmente se dá,é um maior desprendimento deste membro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *